Publicado por: @juba7 | junho 26, 2016

Watu Karung – East Java – Indonesia

Juliana Bassetti

Watu Karung é conhecido por suas ondas e é visitado por muitos surfistas e bodyboarders que viajam pela Indonésia. Aprenda como chegar lá.

Saindo de Bali:

Compramos a passagem aérea de Bali (Denpasar) para Jogjakarta na véspera da viagem. Optamos pela Garuda Airlines por ser uma companhia aérea maior e mais organizada do que a Lion Air (apesar de que o site da Garuda é bem instável). De qualquer forma, compramos os tickets diretamente na loja do aeroporto. Outras vantagens da Garuda são o lanchinho, filmes, cobertor, poltrona mais confortável e pontualidade. A Garuda oferece três voos diários para Jogjakarta. A viagem de Denpasar até Jogjakarta dura 1h30 mas como em Java o fuso é de hora a menos, você “leva” apenas 30 minutos.

Chegando em Jogjakarta:

Ao desembarcar no aeroporto de Jogjakarta você verá muitos taxistas oferecendo transporte. A corrida até a localidade de Pacitan, onde fica a vila de Watu Karung, custa 600.000 Rúpias e o trajeto leva cerca de 3h. A viagem é um pouco cansativa porque a velocidade média é baixa, muitas curvas e a estrada fica estreita em vários trechos.

Hospedagem:

Você não precisa reservar nenhuma hospedagem antes de chegar em Watu Karung, há dezenas de acomodações na vila. É só dar uma rápida caminhada, pedir para olhar os quartos e barganhar o valor. Porém, eu indico o Prapto Homestay. Tem quartos com banheiro privativo e também umas cabanas de madeira com banheiro também privado. Não tem ar condicionado, apenas ventilador, mas a comida da dona Atum é excelente e o local é bem limpo.

Prapto Homestay

Uma simpática família é a proprietária desse albergue. O filho Jefri tem um ótimo inglês e

prapto_homestay_bungalown

Fachada do bangalô do Prapto Homestay em Watu Karung

já trabalhou em hotel cinco estrelas. O rapaz é muito inteligente, além de ser super prestativo. Você pode pedir para ele descolar uma moto de aluguel (Rp 50.000 o dia) ou ainda alugar um carro com motorista para conhecer a região de Pacitan (Rp 400.000).

Você pode entrar em contato com o Jefri via Instagram @jefri_prabowo, pelo Whats APP +62 853 2675 7012 ou Facebook: Jefri Prawobo Watukarung Prapto Homestay.

Alimentação:

lunch_prapto_homestay

Almoço no Prapto Homestay inclui arroz, peixe assado e omelete

No Prapto Homestay, pagamos 200.000 Rúpias por noite com café da manhã incluso. Você avisa na noite anterior se quer panqueca, omelete ou ovos mexidos. De bebida, pode escolher café ou chá de jasmim ou ainda suco de limão. O almoço e a janta, pagos separadamente, também precisam ser comunicados com antecedência. O menu inclui peixe assado, arroz branco ou nasi goreng ou mie goreng e outro acompanhamento que ela faz no dia, que pode ser omelete ou batata frita em pequenos cubos. Cada refeição não sai mais do que 30.000 Rúpias.

Na beira da praia também há muitos quiosques que oferecem peixe assado ou frito, arroz, entre outros pratos típicos. Comemos lá apenas no primeiro dia porque achamos tudo muito ruim e os copos de suco estavam bem sujinhos (além do normal para os padrões indonésios). Pedimos uma Coca-cola 600ml que estava velha, com a cor desbotada e sem gás.

A vila conta com um mini mercado bem organizado e limpo. Tem desde remédios, matérias de papelaria, além de, claro, comida. Uma boa opção para o café da tarde é comprar um pão recheado com pasta de amendoim e escolher um dos sachês de café saborizados. A água quente é de graça e o açúcar também. Ainda é possível fazer chá ou cup noodles. 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: