Publicado por: @juba7 | janeiro 12, 2012

Península de Maraú – Onde mergulhar

Taipus de Fora

Taipús de Fora

A maré tem uma lógica de subidas e descidas durante todo o dia. Como eu estava sem acesso à internet, não consegui acessar a tabela de marés da região. Perguntar aos locais foi inútil. Cada hora um falava um horário diferente para mergulhar. As piscinas naturais se formam quando a maré está baixa. Um barqueiro me disse que na lua cheia a maré mais baixa ocorre pela manhã. Na lua minguante, o ideal é à tarde. Chegamos na maré morta, quando ela varia pouco. Ainda assim, consegui fazer os meus mergulhos.

Taipús de Fora foi uma grande decepção para mim. Não sei se porque a maré não estava perfeita, mas tudo que consegui ver embaixo d’água foi dezenas de pares de pernas de turistas. Nem meia dúzia de peixinhos! Acho que eles fogem com o assédio dos banhistas. Como atrai muitos turistas e os preços são bem salgados, a praia fica num clima “farofa”.  Os quiosques pedem consumação mínima. Um deles queria R$ 40. Haja fôlego pra beber tanta água de coco. A casquinha de siri custava R$ 12.  Avisamos que não ficaríamos muito, tomamos duas águas de coco por R$ 3 e demos mais R$ 4 pelo “aluguel” das cadeiras de plástico.

Megulho em Bombaça

Megulho em Bombaça

Todo o litoral é cheio de corais e, caminhando pela orla de Bombaça, você pode achar lugares para mergulhar tranquilamente. Como em frente à pousada Kaluna, no Bar Tocosauro, onde há pequenas piscinas naturais. Menores do que em Taipús, mas muito bonitas. Na foto, crianças nativas da região pescando.

Cuidado com as águas-vivas. Eles ficam nas regiões mais fundas do mar, mas é sempre bom estar atento. Nós as vimos próximas ao final do píer, na Barra Grande, e em alto-mar, numa parada para mergulho do barco de passeio.

Leve seu equipamento de mergulho (nadadeiras, máscara e snorkel). Além de ser artigos de uso pessoal (não só por questões de higiene, mas por encaixe perfeito ao corpo do dono) há poucas pousadas ou locais que alugam. Também é possível comprar nas lojas que oferecem cursos de mergulho em Barra Grande, mas nem pensei em perguntar o preço. Eu comprei numa loja de artigos de camping e pesca de Florianópolis antes da viagem e paguei R$ 70 nos pés de pato e mais cerca de R$ 60 na máscara com snorkel (tamanho infantil) com vedação com silicone. O tamanho infantil é mais barato e se encaixou melhor no meu rosto. Para um maior conforto durante o mergulho, não recomendo economizar. Se estiver com pouca grana, deixe de lado a nadadeira, que não é fundamental para ver o fundo do mar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: