Publicado por: @juba7 | julho 12, 2009

Crepe não é Panqueca

ESTA CREPERIA FECHOU COM O FALECIMENTO DE SEU PROPRIETA’RIO EM 2011.

Apesar dos ingredientes da receita serem muito parecidos (ovo, leite, trigo, manteiga) o crepe francês é bem mais fininho e a massa é mais leve. Quem entende do assunto diz que o segredo é colocar menos claras de ovos – que deixa a massa seca – e colocar mais gordura para a massa ficar leve.

Não confunda o crepe francês com o crepe suíço, aquele do palitinho, que a gente encontra pra vender bem ao lado das barraquinhas de churros. O crepe francês ainda aberto tem formato redondo. Depois de recheado, ele é dobrado nas pontas e vira um retângulo, para se comer de garfo e faca ou com as mãos.

Você pode provar um bom crepe francês na Creperia Degrau, na Lagoa da Conceição . Ele funciona num casarão do século XIX, construído em meados de 1850. Além dos crepes com massa tradicional de trigo, a casa também oferece crepes com farinha integral, de centeio, arroz ou milho (ideal para quem porta a doença celíaca e não pode ingerir glúten) e uma massa especial para os vegetarianos que não consomem derivados de ovo ou leite. Outra opção são as massas verdes (adição de espinafre em qualquer uma das massas acima) e a com chocolate. Todas as massas que fogem da tradicional acrescentam R$ 1.50 no preço.

O ambiente é agradável tanto no verão, com mesinhas na calçada e vista para a Lagoa, quanto no inverno. Na parte da frente, pequenas mesas com banquetas altas e um balcão para aqueles que só querem beber um choppe (marca Klaus por R$ 4,20) ou beliscar um crepe cortado “à francesa”, em pequenos pedacinhos. Nos fundos, poltronas acolchoadas em mesas para até seis pessoas e as fotos em preto e branco de ícones do rock, blues, jazz e do cinema americano remetem a um pub londrino. A creperia tem uma grande variedade de cervejas especiais e importadas. A seleção de músicas inclui sons nacionais como Lenine e Adriana Calcanhoto, lounge music, jazz e blues num volume que não incomoda quem quer conversar ou apenas comer.

Se você está com pouca grana mas quer conhecer o lugar, o crepe mais barato é o de queijo com massa tradicional, que sai por R$ 9,50. O marguerita (queijo, tomate e manjericão) custa R$ 12,50. Quem gosta de inovar pode pedir o de tofú com brócolis, cenoura e azeitona, a R$ 13, ou rúcula com tomate seco e mussarela de búfala por R$ 15,50.

Para os fãs de doces, ficam as sugestões do crepe Suzete, tradicional receita francesa, recheado com geléia de laranja e licor Grand Munier por R$ 12 e do doce de leite por R$ 7.

E se estiver com pouca fome, não se acanhe em dividir. Muitos casais pedem um crepe só. Como nós fizemos.

Nós provamos: crepe de espinafre com ricota na massa de arroz. A ricota deixa o crepe um pouco seco e a massa de arroz é bem sequinha também e com sabor bem suave, quase uma hóstia. Demos uma boa regada com azeite de oliva e ficou jóia! Experimente adicionar sorvete de creme nos crepes doces. O sorvete é dobrado dentro do crepe! Dependendo da escolha do recheio doce, vale a pena!

Falha: alguns ingredientes são aquecidos no microondas e não ficam quentes nem saborosos como se fossem aquecidos numa panela.

Onde: Rua João Pacheco da Costa, 595, estrada geral do Canto dos Araçás, Lagoa da Conceição, Florianópolis

Funcionamento: de terça a domingo das 18h30 a 1h

Telefone: (48) 3338.1416

Cartões: Crédito e débito do Visa e do Master Card

Tele-entrega: é eficiente e atende toda Florianópolis, mas o crepe chega murcho e sem graça. Em suma, não recomendamos.

Pra economizar: Se você dividir um crepe de queijo, um de doce de leite e dois choppes Klauss, a conta com os 10% sai por R$ 27,39. Um casal sai bem satisfeito.

Cotação: $

Avaliação: 4

site http://www.creperiadegrau.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: