Publicado por: @juba7 | junho 1, 2010

Santiago e Valle Nevado

O POST ABAIXO É UM COMENTÁRIO DO VIAJANTE RODRIGO PATINI. ACHEI AS DICAS DELE TÃO COMPLETAS QUE PEDI PERMISSÃO PARA TRANSFORMAR NUM POST DO BLOG.

E SE VOCÊ QUISER MANDAR ALGUMA DICA SUA, É SÓ ENVIAR O TEXTO PARA mochilachic@mochilachic.com.br

Olá Juliana e amigos do blog, muito obrigado por todas as informações aqui postadas, foram fundamentais para minha primeira viagem a Santiago, que fiz neste final de semana com minha esposa. E deixarei aqui minhas impressões e contribuições:

SANTIAGO E A DESCOBERTA DO PISCO

Minha esposa já estava lá a trabalho e eu cheguei na sexta à tarde, ficamos no Hotel Sheraton, em Providencia. Achei o bairro muito calmo e bonito, mesmo com as avenidas movimentadas de carros e gente. A folhagem das árvores no outono e as cordilheiras com neve ao fundo dão um toque belíssimo e romântico à paisagem do lugar. Tínhamos pouco tempo, então fomos de metrô ao centro. Eu que ando de metrô em São Paulo achei uma baba o metrô de Santiago, eles têm estações em todo lugar, quem me dera São Paulo tivesse estações em cada ponto turístico ou de interesse da cidade.

Conhecemos a Paseo Ahumada, Plaza de Armas e o Mercado Central – um micro mercado municipal de SP -, onde provei o pisco sour, o mote com huesillos e a paella com o melhor custo-benefício da minha vida – apenas 6.900 pesos. Tudo isso no Donde Augusto, no qual de início não queria ficar mas, por onde eu olhava, só via Donde Augusto… o falatório dos ‘vendedores’ deste restaurante também me venceram pelo cansaço, mas até que no final foi bom. Ah, aqui também provei a cerveja Kuntsman, muito boa. Na saída entramos em uma galeria com lojas de departamentos para fugir do vento gelado e dar uma olhada nos preços, mas não vi nada de diferente dos preços em São Paulo, à exceção das promoções nas quais a segunda peça saía por 1 peso, fazendo valer a pena. Pegamos o metrô de volta e, no hotel, adentramos a noite ao sabor de mais piscos e experimentando também o mango sour (achei mais refrescante que o pisco sour). Detalhe: No Donde Augusto eles adicionam um pouco clara de ovo ao pisco sour, diferentemente dos demais lugares que visitei, onde a receita é idêntica à nossa caipirinha, só trocando a cachaça pelo pisco. Apesar do cheiro de ovo da bebida, até que aprovei o ingrediente adicional.

VALLE NEVADO

Havia programado o fim de semana para passar todo em Santiago, mas acabamos fechando dois passeios com a Turistour no hotel para lugares fora da cidade – mesmo sendo um passeio ‘desempacotado’, reconheço que às vezes sinto falta de uma agência para dar segurança aos passeios, ainda mais em terra estrangeira… No sábado fomos conhecer o Valle Nevado e Farejones, nas montanhas. Foi o passeio perfeito no dia perfeito, pois estava chovendo em Santiago e, quando chove lá embaixo, neva lá em cima. Foi a primeira vez que vimos neve – e nem esperávamos vê-la, tanto que fomos surpreendidos quando o guia disse que pararíamos numa loja para alugar a vestimenta (botas, luvas, calças e jaquetas para se proteger da neve – o aluguel custou 5.000 pesos cada peça). Bem, se você não for rolar na neve, a bota já é o suficiente. Minha esposa alugou o traje completo, então pôde deitar e rolar na neve sem se preocupar em molha a roupa. O Valle Nevado é uma importante estação de esqui do Chile (senão a mais importante) e a temporada de ski só começa em 15 de junho, então pudemos andar na neve à vontade sem risco de ‘atropelamentos’… pena que o teleférico também estava fechado…. O guia disse que esta é melhor época para visitar o Valle Nevado para quem não quer esquiar, pois já há neve, não venta muito, há pouca gente na estação e não há engarrafamento na estrada sinuosa que sobe até 9.000 metros acima do nível do mar: basta que um motorista não saiba colocar as correntes na roda de seu carro para o caos se instalar na estradinha… Este passeio sem dúvida valeu a viagem.

COMER, BEBER E MUITO PARA SE VER

À noite fomos no restaurante Zully. Os pratos realmente são caprichados, a decoração bem intimista e os preços não assustam. O que nos assustou um pouco na verdade foram as cercanias do restaurante, com aqueles prédios antigos, alguns até pichados, e pouca gente cirandando por lá. A pracinha com a fonte poderia ser melhor explorada, não sei se é porque sou paulistano mas aquele cenário me deixou um tanto ressabiado, e me senti até aliviado por ter escolhido ir até lá de taxi e não de metrô… No domingo visitamos a vinícola Undurraga, ela fica ainda dentro de Santiago, mas em uma região mais rural. Há guias em inglês e espanhol e o circuito é feito com bastante calma, as explicações são bem detalhadas e incluem todo o processo de fabricação do vinho. Muita gente que já havia visitado outras viñas comentou que esta foi a que melhor explica o processo, e sem pressa nenhuma. Ao final, degustação de 4 bons vinhos e parada para compras. Na volta ao hotel, ainda corri até um mercadinho ara comprar piscos e corri novamente para arrumar as malas de volta para SP, lamentando por ter conhecido tão pouco da cidade de Santiago e ter deixado de visitar La Chascona, o Museu de Arte Pré-colombiana, o Cerro San Cristoban, o Palácio e a praça La Moneda, o restaurante Como Água para Chocolate, enfim…. essa é certeza de que para Santiago voltarei.

METRÔ

Últimos detalhes: – utilizar o metrô de Santiago é tranqüilo, rápido, barateia as viagens e te deixa perto de qualquer lugar, além da oportunidade – para quem gosta – de ter contato direto com o dia-a-dia da cidade, se sentir quase que como um morador etc. Pode-se baixar o mapa de toda a malha metroviária da Internet: http://www.metrosantiago.cl/estacion/plano-red -

NA MALA

Fiz a trapalhada de embrulhar os piscos que comprei só em jornal e, claro, não deu certo: eles estouraram na mala. Todavia, os vinhos que estavam embalados com plástico bolha sobreviveram intactos.  Na LAN, o peso limite da bagagem despachada para brasileiros é de 23kg por pessoa. Por exemplo: como éramos eu e minha esposa, o limite foi de 46kg, pouco importando se cada uma das malas tinha 23kg ou se só um mala tinha 40kg e a outra 6kg. Perdi tempo à toa balanceando o peso entre as malas… – No free shop de Santiago os preços são apenas um pouco acima dos praticados na cidade; se estiver com pouco tempo, não se estresse como eu: curta a viagem e deixe para comprar as bebidas e lembranças no aeroporto, enquanto espera seu vôo.

Mais uma vez, obrigado a todos pelas dicas e comentários, aos quais espero ter incrementado.

About these ads

Responses

  1. Ola, Parabens pelo Blog!
    te descobri lendo Matraqueando e Viaje na Viagem
    Marquei um voo de Santiago para Calama dia 20 de Agosto as 16:15 e pretendia descer de valle direto pro aeroporto, mas esqueci do horario de funcionamento da Farellones… será q vai dar tempo???????????

  2. Como sua viagem foi recente, estou indo dia 18 de julho e queria saber se é melhor levar dólar ou real e qual o melhor local para trocá-los em Santiago.
    Grata
    Carla

  3. Dólar. Em Santiago tem um quarteirão com vários bancos e casas de câmbio. Vale dar uma boa pernada e procurar por ali a melhor cotação.
    Abraços.

  4. Ola…
    estou indu p santiago dia 28 d ejulho e vi q vc axa melhor levar dolar e ai trocar por pesos la, porem se trocarmos aki no Brasil por dolar e qdu xegar la trocar por pesos n sairiamos perdendo uma graninha ai n, nas 2 conversoes?
    grata

  5. Olá gostei muito das dicas do seu blog, interessantes e diretas.
    Estive com miha esposa no Chile entre os dias 19/12/2009 ao dia 04/01/2010 – Santiago (e arredores, claro que conhecemos o litoral do Pacífico), ficamos em Santiago na época do Navidad (Natal) e depois fizemos de carro (alugado) Ruta 5 , até a região dos lagos (SUL), onde conhecemos cidadezinhas , lugares e parques magníficos (com estrutura exemplar para turistas). A cidade de Puerto Varas parece que saiu de um livro de contos (lago com 2 vulcões), foram mais de 3.000Km rodados em 12 dias, conhecemos Valdívia (mercado ao lado do rio onde é possível ver Leões Marinhos e Focas, quase dentro do mercado, incrível). Na cidade de Los Angeles tivemos uma das maiores surpresas da viagem, além do hotel fantástico (e barato) conhecemos o Parque Laguna Del Laje (sensação de estar na Lua). Pucón é muito, muito linda mesmo (especie de Campos do Jordão, estrutura e claro precinhos lá em cima).
    Aqui vai uma dica de hospedagem em Santiago:
    Hotel Presidente (Av. Eliodoro Yáñez 867 – Providencia Metro Salvador – Santiago – Chile Fono: (56 2) 235 8015. Fax: (56 2) 235 9148), como outro colaborador falou, o bairro da Providência é um ótimo lugar para ficar, muito perto do Metrô, restaurantes, bares e do Cerro San Cristoban – dá para ir a pé- Não se trata de propaganda, até por que sou viajante e não comerciante, é que o hotel é bom, limpo, café da manhã buffet internacional, estacionamento, portaria 24hs, e funcionários muito atenciosos
    Quando ficamos lá reparamos que só nos dois eramos brasileiros, a maioria europeu e canadense (aliás povo educado esse heim!) , alguns americanos e executivos chilenos que percebemos costumam ficar neste hotel quando estão em Santiago a trabalho…então o melhor: – silêncio a noite para repor as energias para o dia seguinte. Taxi, dicas de lugares etc…na recepção do hotel.
    boa viagem…..

  6. Oi Ju! Chile é um belo roteiro!! Agora em junho fiquei uma semana em Santiago e tive a oportunidade de conhecer o Valle Nevado. É lindo realmente, sem contar o fato que foi a primeira vez que eu vi neve. Tinha cachoeiras congeladas no caminho…tudo muito bonito. Só achei que o Chile é um país mais caro, principalmente em alimentação. E outra dica boa é tomar as cervejas de lá, que vem com tampa de plástico! Austral, Cristal e Kustman! São muito boas!
    Bjo e parabéns pelo site!

  7. bom dia iremos em 17 pessoas p santiago de 04 set a 08 set

    quanto pagaremos por pessoa p esquiar em v nevado ???paga p entrar na estacao? quanto é a locaçao em dolar por pessoa?

  8. Olá!
    Acabo de descobrir seu blog. E especificamente sobre o post de Santiago do Chile, finalmente encontro alguém que teve a mesma impressão que eu sobre o Donde Augusto.Já estive duas vezes em Santiago e, na primeira vez que fomos, é claro que acabamos indo lá, levados pelo falatório geral. Não comi tão bem assim. Além do mais, o próprio Augusto passava no meio das mesas, assoviando e cantarolando.Eu achei muito chato. Na segunda vez, estávamos com amigos que iam pela primeira vez ao Chile, então, a educação nos mandou acompanhá-los ao turístico restaurante. Só confirmou minha impressão. Meu blog não é sobre viagens, mas se quiser informações diferentes sobre alguns lugares, está convidada a visitar.

  9. Muito legal o seu blog… esta me ajudando muito pois estou programando uma viagem para Santiago.
    Gostaria de fazer o passeio para o Valle Nevado e também vi pela Turistour, mas gostaria de reservas antes, mas não consigo mandar e-mail pra eles. Será que você saberia me ajudar?

    Grata.
    Carol.

  10. Oi Carol,
    se vc não está conseguindo mandar e-mail para eles, já é um mal sinal, não acha?
    Bom, achei um telefone de uma tal de Turistour que vende pacotes, não sei se é a mesma empresa. O tel é (27) 2107-8505.
    Boa sorte!

  11. Ótimo o seu blog; só fiquei com algumas dúvidas. 1º Qaul é o valor normal de propina para dar em Santiago, 2º Estava pensando em levar pesos, porém vc falou que é melhor levar dolar??? \Obrigado

  12. Oi, parece meio redundante mas nao tenho como nao falar, seu blog e mto bom!!! Queria uma dica sua: Vou pra Santiago agora no dia 18/maio e vou ficar uma semana la e quero conhecer tambem Valle Nevado mas estou na duvida se faco o passeio ou se fico la uns dois dias. Voce acha que vale a pena? Obrigada

  13. Oi Mariana,
    quantos dias você tem para fazer essa viagem? Se você está folgada de tempo, não tem data fixa para voltar, então eu sugiro que você fique um dia, pelo menos, no Valle Nevado. Na minha opinião, valei muito a pena. Agora, se o tempo tiver apertado, se você corre risco de peder o voo (se deixar pra sair do Valle Nevado no dia ou às vésperas do voo de volta para o Barsil) então eu sugiro que você apenas faça o passeio.
    Abraço!

  14. Adorei a objetividade do seu blog, tenho vontade de ficar 3 noites no Chile minha dúvida se é melhor ficar hospedado em Santiago ou Valle Nevado??? Gostaria muito de esquiar no mes de Julho é bom?? alguma sugestão de hotel?? obrigado

  15. Oi Cassiano,
    esquiar em julho em Valle Nevado é perfeito e… caro. O Chile já não é dos países mais baratos para viajar. Você vai achar barato só se morar no Rio ou em São Paulo. Se você tem recursos pra se hospedaar em Valle Nevado, é o que eu recomendo. Senão, fiquei em Santiago que você também terá um ótima viagem. Ah, e não demore pra reservar hotel, viu. Esse mês é de alta temporada e os hotéis e estação lotam rapidinho.
    Boa Viagem!

  16. Alguém sabe me disser quais as alternativas de transporte entre santiago e Valle Nevado?

  17. “… e não há engarrafamento na estrada sinuosa que sobe até 9.000 metros acima do nível do mar:” Passaram a informação errada para você o monte Everest tem menos de 8.850mts acima do nivel do mar e essa estrada ai nem a pau tem 9000 metros, talvez 9000 PÉS acima do nivel do mar! abs

  18. 9000 pés = 3000 m de altitude…

  19. Estamos indo eu e minha esposa a Valle Nevado, alguma ideia de transfer de Santiago para lá, pois teremos que sair pela manhã.

  20. Olá, tudo bem? Vou viajar para Santiago na primeira semana de Junho e já estou fazendo a programação. Pelo que pesquisei parece que na epoca é provável que ainda não esteja aberta a temporada de esqui mas que já tenha neve.Lendo as dicas de outras pessoas fiquei um pouco receosa em relação a estrada para o Valle Nevado pois todos ressaltam o fato dela ser bastante perigosa. Estou quase desistindo desse passeio… O que você achou? Vale a pena fazer esse passeio? Com as empresas de transporte é seguro?
    Parabéns pelo post!

  21. Olá amigo, estou pensando em ir para Santiago na segunda semana de junho. Você acha uma boa ideia? E quantos dias vc acha que preciso para conhecer bem Santiago e conhecer o Valle nevado?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 450 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: